Notícias

Coenzima Q 10 (CoQ10) - protetor cardiológico!

A insuficiência cardíaca - a incapacidade do coração de bombear sangue suficiente para satisfazer as necessidades do corpo - é uma epidemia crescente na América e no mundo.

Doença arterial coronariana, diabetes, pressão alta, excesso de peso e ataques cardíacos aumentam o risco de insuficiência cardíaca.

Uma abordagem natural está agora disponível para aqueles com ou com alto risco de insuficiência cardíaca.

A coenzima Q10 é o único lipídeo sintetizado endogenamente com uma função redox que exibe ampla distribuição tecidual e intracelular em mamíferos. Efeitos benéficos da suplementação com Coenzima Q10 foram observados em várias doenças relacionadas à idade, incluindo insuficiência cardíaca. O nível de CoQ10 (coenzima Q10) diminui significativamente em pacientes com esta doença, o que se correlaciona com a gravidade dos sintomas clínicos. A suplementação com várias formulações farmacêuticas de CoQ10 melhora a função cardíaca prejudicada e o curso clínico da insuficiência cardíaca. Os dados atuais de ensaios clínicos indicam que CoQ10 pode reduzir significativamente a morbimortalidade de pacientes com insuficiência cardíaca, além da farmacoterapia recomendada pelas diretrizes.

Foi demonstrado que a suplementação adequada com CoQ10 melhora os parâmetros funcionais da insuficiência cardíaca, reduz complicações como arritmias cardíacas e não produz efeitos colaterais significativos.

A CoQ10 pode melhorar a contratilidade (compressão) exercida pelo coração em pacientes com insuficiência cardíaca leve a moderada (aqueles nas Classes II e III da NYHA) .Isso foi demonstrado em um estudo usando uma dose diária de 300 mg por apenas quatro semanas, em comparação com o placebo.

A suplementação não só aumentou os níveis séricos de CoQ10 por um fator de três, mas também melhorou a medida do espessamento da parede do coração durante a contração em até 15,6%.

A quantidade de sangue bombeada para fora do coração a cada batida aumentou em 15% nos indivíduos suplementados, acompanhada por uma diminuição de 21% no volume no final da batida. Estas são medidas favoráveis ​​da eficiência geral do coração em bombear sangue para o corpo.

Nenhum efeito colateral foi observado neste estudo, nem em um estudo de acompanhamento de delineamento semelhante. 

No estudo de acompanhamento, além de melhorias na contratilidade (compressão) e capacidade de bombeamento, a suplementação com CoQ10 na mesma dose melhorou a função endotelial, que é uma medida essencial da saúde do delicado revestimento das artérias.


Pharmacol Rep. 2016 Oct;68(5):1015-9. 

Esse site segue as normas do Código de Ética Médica do Conselho Federal de Medicina.As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional usando imagens e vídeos de fornecedores / fabricantes de aparelhos. De nenhuma forma devem ser utilizadas para auto-diagnóstico, auto-tratamento e auto-medicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA.