Tratamentos

Mesoterapia

O que é

Mesoterapia é um tratamento estético feito com aplicações de medicamentos combinados (enzimas e outras medicações), chamada também de Intradermoterapia. É uma técnica de origem francesa amplamente utilizada na medicina estética por se tratar de um procedimento minimamente invasivo, capaz de promover a queima de gordura localizada, combate à celulite e indução na formação de colágeno, no combate à flacidez.

Como funciona?

Basicamente a Mesoterapia consiste na aplicação direta de alguma mescla (diferentes classes de medicações para fins específicos) na camada dérmica da pele (logo abaixo da epiderme) ou no tecido adiposo (abaixo da pele) diretamente na região em que se deseja tratar.

Seu principal benefício é atuar diretamente em uma determinada região, que intensifica os resultados e reduz a probabilidade de ocorrência de efeitos colaterais, sem que outros órgãos sejam afetados e seu efeito seja disperso pelo corpo todo no geral. Sendo assim, é uma opção rápida e segura.

Como é a aplicação?

São realizadas uma série de aplicações com uma mínima quantidade de medicação na profundidade de 0,5 até 4 mm (camada intradérmica) promovendo a ação específica na região.

As mesclas a serem administradas dependem sempre de qual parte do corpo deseja-se atingir e qual o tipo e intensidade do problema, seja gordura localizada, celulite em seus diversos graus, flacidez no corpo e na face e até estrias vermelhas ou brancas.

Pós aplicação

A Mesoterapia é um procedimento relativamente indolor, porém de acordo com a sensibilidade da pele e a região onde for aplicada, pode ocorrer dor e edemas na região após as aplicações. Porém por se tratar de um tratamento não invasivo não é necessário período de recuperação nem o uso de bandagens ou cintas como em outros procedimentos invasivos.

Após a mesoterapia é importante evitar a exposição excessiva ao sol ou temperaturas extremas principalmente no caso da pele sensível que podem ficar arroxeadas no local da aplicação.

Indicações

Tem indicações diversas na área corporal:

  • Gordura Localizada – medicamentos lipolíticos (“quebra a gordura”), ou que aumentam o metabolismo basal e melhoram a circulação local para facilitar a eliminação através da drenagem linfática
  • Celulite graus I, II e III – medicamentos que aumentam o metabolismo basal e melhoram a circulação local para facilitar a eliminação através da drenagem linfática
  • Flacidez Corporal e Facial – medicamentos que estimulam a formação de novas fibras de colágeno e ativam a circulação local melhorando o aspecto da pele e auxiliando no combate a flacidez
  • Estrias brancas ou vermelhas – medicamentos que estimulam a produção de colágeno na região tratada e ativam a circulação local auxiliando a regeneração das lesões

Contraindicações

O tratamento é contraindicado somente para grávidas, lactantes, pessoa que possuam alergia aos componentes que serão injetados ou que apresentem lesões de pele (como herpes ativa) na região onde será feita a aplicação.

Resultados e número de sessões

As sessões são feitas em consultório, e duram em média 30 minutos.

Os resultados podem ser percebidos logo nas primeiras semanas após a primeira aplicação, porém alcançam seu ápice somente após o tratamento completo. O Dr. Marcos avalia caso a caso, mas geralmente é recomendando de 5-10 sessões.

As sessões podem ser realizadas com intervalo semanal ou quinzenal, também segundo avaliação, já que as substâncias atuam diferente de pessoa para pessoa.

Como em qualquer tratamento na área de estética, o Dr. Marcos Vilar recomenda a prática de atividades físicas regulares e uma dieta balanceada, que são dois pontos que devem ser mantidos simultaneamente, para obtenção de resultados mais rápidos e duradouros.


Agende sua avaliação com nossa equipe.

whatsapp

Esse site segue as normas do Código de Ética Médica do Conselho Federal de Medicina.As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional usando imagens e vídeos de fornecedores / fabricantes de aparelhos. De nenhuma forma devem ser utilizadas para auto-diagnóstico, auto-tratamento e auto-medicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA.